Bancos vão aceitar pagamento de boletos vencidos emitidos por outras instituições.

A partir da próxima segunda-feira, dia 10, os bancos passarão a aceitar o pagamento de boletos de cobrança vencidos de emissão de outras instituições. Inicialmente, porém, serão processados boletos de R$ 50 mil ou mais que estejam em atraso. De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os valores irão decrescer gradualmente e até o final do ano, boletos de qualquer valor que estejam vencidos poderão ser pagos em qualquer agência bancária.

O novo sistema para os boletos de pagamento foi desenvolvido pela Febraban em parceria com as instituições associadas e tem por objetivo “aperfeiçoar o modelo atual com mecanismos que trazem mais controle e segurança a esse meio de pagamento, garantindo, dessa forma, maior confiabilidade e comodidade aos consumidores”.

Segundo a Febraban, em razão da ampla utilização de boletos no Brasil – por ano, cerca de 3,5 bilhões desses documentos emitidos – a “validação” por meio da Nova Plataforma de Cobrança será realizada em etapas. Por isso, nesta segunda, 10, terá início a primeira fase para boletos de valor superior a R$ 50 mil.

“A grande mudança com o novo sistema ocorre quando o consumidor (pessoa física ou jurídica) fizer o pagamento, mesmo de um boleto vencido: nesse momento será feita uma consulta à base centralizadora da Nova Plataforma para checar as informações. Se os dados do boleto que estiver sendo pago coincidirem com aqueles que constam no sistema, a operação é validada. Se houver divergência de informações, o pagamento do boleto não será autorizado e o consumidor poderá realizar o pagamento exclusivamente no banco que emitiu a cobrança, uma vez que somente essa instituição terá condições de fazer as checagens necessárias”, explica a Febraban em comunicado.

 

Fonte: Época Negócios

Receita lista erros mais comuns na declaração do IR

A Receita Federal lançou nesta última quinta-feira um alerta contendo os principais erros cometidos na declaração do Imposto de Renda, que fazem com que o contribuinte caia na malha fina. O prazo para entrega da declaração é 28 de abril.

Quanto antes o contribuinte enviar seus informes, mais cedo deve receber a restituição devida. Os lotes de restituição vão de julho a dezembro deste ano.

Confira os 6 erros listados pela Receita e saiba como fugir deles – e da malha fina:

1 – Omissão de rendimentos do titular, em especial de uma segunda fonte, tais como honorários, alugueis e palestras.

2 – Omissão de rendimentos de dependente.

3 – Informação de valor de imposto de renda retido na fonte maior do que o que consta na declaração do empregador.

4 – Dependentes que não preenchem as condições, em especial por contarem de outra declaração ou terem apresentado declaração em seu nome.

5 – Despesas médicas não realizadas, de titular e de dependentes e ainda de não dependentes relativas a consultas, Planos de Saúde e Clínicas.

6 – Contribuições de empregadas domésticas não realizadas.

De acordo com a Receita, 3.457.439 de declarações foram recebidas pelos sistemas até esta quinta. Quanto antes o contribuinte enviar seus informes, mais cedo deve receber a restituição devida: os lotes de restituição vão de julho a dezembro deste ano.

NOVIDADE NA CONTABISILVA

downloadA Contabisilvia com sua equipe, vem até você informar que a partir do mês de Abril de 2017, estará totalmente com a atenção da Contadora e seus auxiliares voltada para administração de condomínio, prestando o melhor serviço que existe aos síndicos e imobiliárias parceiras do nosso escritório. Junto também vem o uso do nosso site e página no Facebook, que ambos atualizados semanalmente, com informações necessárias para o dia a dia dos nossos síndicos e condôminos, sem contar que todo personalizado para que você se sinta bem. Lembrando que a Contadora responsável e proprietária da Contabisilva, já tem mais de 20 anos de atuação no ramo imobiliário, sempre procurando o melhor para o condomínio, sendo no setor de Departamento Pessoal, Financeiro, Contabilidade entre outros.

Transferência do FGTS para outros bancos não terá taxas

A transferência de recursos de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) da Caixa Econômica Federal para outros bancos poderá ser feita sem cobrança de taxas, a pedido do trabalhador. Respeitado o calendário de saque das contas inativas, o beneficiário deve ir a uma agência da Caixa para realizar a operação de transferência – DOC ou TED – para conta de outros bancos.

Caso oFGTS trabalhador tenha uma conta poupança na Caixa, o dinheiro da conta inativa do FGTS será transferido automaticamente para essa aplicação. Apenas nesses casos, o beneficiário terá até 31 de agosto para transferir esse dinheiro da conta poupança da Caixa para conta de outro banco, também sem taxas. A operação pode ser feita pelo site criado pela Caixa para o saque do FGTS das contas inativas, no endereço www.caixa.gov.br/contasinativas. Para ter acesso às opções da página, o trabalhador deve informar o número de inscrição do PIS e o CPF.

 

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

GOVERNO ENVIA PROJETO QUE CORTA MULTA DE DEMISSÃO

O presidente Michel Temer enviou ao Congresso Nacional projeto de lei que pretende eliminar a multa devida aos empregadores emFator_Previdenciario - MA-10-kOzG-U201586121093Av-1024x576@GP-Web casos de demissão sem justa causa. A multa corresponde hoje a 10% sobre o valor do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

De acordo com a mensagem publicada no “Diário Oficial da União”, a eliminação dessa multa acontecerá gradualmente.

O objetivo da mudança é reduzir os custos que as empresas têm hoje na hora da demissão.

 

FONTE: VEJA.COM

DOWNLOAD DO PROGRAMA DO IRPF 2017 É LIBERADO HOJE

O programa gerador da declaração do Imposto de Renda 2017 está disponível para download a partir desta quinta-feira (23), no site da Receita Federal.

O prazo de entrega da declaração começa no dia 2 de março e termina em 28 de abril, mas o contribuinte já pode preencher e importar informações de declarações anteriores para o programa.

Este ano, quem já tem o pprazorograma gerador instalado não precisa fazer um novo download, pois será possível atualizá-lo automaticamente. Para isso, o contribuinte deve clicar em “Menu”, “Ferramentas” e “Verificar atualizações”.

Outra novidade é que não é mais necessário baixar o programa Receitanet separadamente, pois ele foi incorporado ao programa gerador do Imposto de Renda 2017.

QUEM NÃO ENTREGAR A DECLARAÇÃO DENTRO DO PRAZO DEVERÁ ENVIÁ-LA COM ATARSO E PAGARÁ UMA MULTA DE, NO MÍNIMO r$ 165,74, DESCONTADA DO VALOR DA RESTITUIÇÃO.

 

FONTE: EXAME.COM

PRAZO PARA ENTREGA DA DIMOB – 2017

Atenção administradoras ddimobe condomínios e locações de imóveis, fique atento, pois o prazo para a entrega da DIMOB (Declaração de Informações sobre Atividades Imobiliárias) é 24/02/17.

O que é a DIMOB? DIMOB é a Declaração de Informações sobre Atividades Imobiliárias que empresas imobiliárias, construtoras e incorporadores devem emitir para a Receita Federal, informando os detalhes das transações imobiliárias realizadas, destacando especialmente a identificação dos contratantes e do imóvel, data, valor da operação e comissão co
brada.

Governo divulga calendário de saque das contas inativas do FGTS

FGTS Inativo

A partir de 10 março, mais de 30 milhões de trabalhadores terão direito a retirar o dinheiro.

O governo divulga nesta terça-feira (14) o calendário de saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Os saques começam no dia 10 de março, para nascidos em janeiro e fevereiro. Pessoas nascidas em março, abril e maio poderão sacar em abril. Quem faz aniversário em junho, julho e agosto, poderá sacar em maio. Nascidos em setembro, outubro e novembro poderão fazer o saque em junho. Em julho, deverão sacar os nascidos em dezembro.

Mais da metade dos trabalhadores tem, no máximo, R$ 500 para sacar, segundo o governo. Outros 24% têm saldo entre R$ 500 e R$ 1.500. Os dois grupos representam 80% do total de pessoas com direito a sacar o dinheiro. Os demais têm mais de R$ 1.500 a receber. Antes, só tinha direito a sacar o FGTS de uma conta inativa quem estivesse desempregado por, no mínimo, três anos ininterruptos. Agora, a pessoa que pediu demissão ou foi demitida por justa causa até 31 de dezembro de 2015 vai poder sacar o saldo que ficou na conta.

Fonte: G1

 

Prefeitura de Viamão disponibiliza sistema de emissão de guias de alvará via internet.

Com o objetivo de levar mais praticidade aos empresários, comerciantes, contadores, requerentes e público em geral, a Prefeitura de Viamão, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Turismo, implantou um novo sistema para a emissão das guias de pagamento dos alvarás de funcionamento das empresas para o ano de 2017. Com o novo sistema, não há mais a necessidade do deslocamento até a Prefeitura para a emissão da Guia. Para quem não possui Internet, as guias estarão sendo disponibilizadas diretamente na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, no Prédio Central da Prefeitura (Praça Júlio de Castilhos, s/nº, Centro). A Secretaria atende de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h.

Fonte: Secretaria Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Turismo

Salário mínimo passa a ser de R$ 937

Novo valor vai injetar R$ 38,6 bilhões na economia

O salário mínimo passou de R$ 880 para R$ 937 neste domingo (1º), valor R$ 57 maior do que o atual. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União do dia 30 de dezembro.

O novo mínimo resultará em um incremento de R$ 38,6 bilhões na economia em 2017, o equivalente a 0,62% do Produto Interno Bruto (PIB). A expectativa é de que o valor tenha efeitos positivos na retomada do consumo e do crescimento econômico ao longo do ano.

Fonte: Ministério do Trabalho

Saques de contas inativas devem injetar até R$ 30 bilhões na economia

Saldo total é de R$ 41 bilhões em 18,6 milhões de contas inativas

O Conselho Curador do FGTS espera que até R$ 30 bilhões sejam injetados na economia com o saque das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. O uso dos recursos foi anunciado no final do ano passado pelo presidente Michel Temer como forma de ajudar as pessoas em momento de crise e de estimular a economia.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que também preside o Conselho Curador do FGTS, disse que a medida vai beneficiar milhões de trabalhadores, que poderão sacar o dinheiro parado nas contas do Fundo. “É bom para o trabalhador, porque ele poderá usar o dinheiro que é dele para o que precisar, e é bom também para o Brasil, porque ajuda a impulsionar a economia”, afirmou.

Segundo o secretário-executivo do Conselho Curador do FGTS, Bolivar Moura Neto, há atualmente 18,6 milhões de contas inativas há mais de um ano, com um saldo total de R$ 41 bilhões. As contas pertencem a 10,1 milhões de trabalhadores.

Bolivar disse que a estimativa é que 70% das pessoas com direito ao saque procurem a Caixa Econômica para ter acesso aos saldos das contas. De acordo com ele, as regras para sacar os recursos devem ser definidas em fevereiro. A ordem dos saques deve ser baseada no mês de aniversário do trabalhador.

Para o secretário-executivo, o uso dos recursos ajuda na economia sem causar impacto significativo no saldo do FGTS, cujo montante total é de R$ 380 bilhões em depósitos. “Esse dinheiro vai entrar na economia e ajudar as pessoas em um momento de crise”, disse.

Fonte: Ministério do Trabalho

 

 

Entrega da RAIS 2016 será de 17 de janeiro a 17 de março

Quem não cumprir o prazo pagará multa que pode chegar a R$ 42.641,00

 

O período para entrega da declaração da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) de 2016 será aberto no próximo dia 17 de janeiro e se estende até 17 de março. São obrigadas a preencher o documento todas as pessoas jurídicas com CNPJ ativo na Receita Federal no ano passado, com ou sem empregados, dos setores público ou privado, e todos os estabelecimentos com Cadastro de Empresa Individual (CEI) que possuem funcionários. A declaração é facultativa a Microempreendedores Individuais (MEI) sem empregados.

Para fazer a declaração da RAIS é preciso utilizar o programa GDRAIS 2016. O envio da declaração da RAIS deverá ser feito somente via internet. Em se tratando de estabelecimento sem vínculos empregatícios no ano-base, deverá ser utilizado o formulário próprio de Declaração de RAIS Negativa Web. Ambas as formas de declaração estarão disponíveis no site da RAIS (www.rais.gov.br). A Portaria Nº 1.464, que trata das regras sobre esse documento, foi publicada no Diário Oficial da União, em 30 de dezembro de 2016.

O coordenador-geral de Estatísticas do Ministério do Trabalho, Mário Magalhães, explica que a RAIS é a fonte de informação mais completa sobre empregadores e trabalhadores formais no Brasil. Nela constam dados como o número de empresas, em que municípios estão situadas, o ramo de atividade e a quantidade de empregados.

Essa mesma base de dados também informa quem são os trabalhadores brasileiros, em que ocupações estão, quanto ganham e qual o tipo de vínculo que possuem com as empresas – se são contratados por tempo indeterminado, temporários, servidores públicos ou estão ocupando cargos comissionados.

A RAIS é importante para assegurar direitos dos trabalhadores, como abono salarial, por exemplo, cujos beneficiários são identificados com base nessa declaração. E ela também subsidia o planejamento das ações governamentais”, destaca Magalhães. Além disso, essa relação serve para identificar os trabalhadores estrangeiros no mercado de trabalho formal e para controle dos registros do FGTS e dos Sistemas de Arrecadação e de Concessão de Benefícios Previdenciários.

Quem não entregar a declaração da Relação Anual de Informações Sociais no prazo estabelecido ou fornecer informações incorretas pagará multa. Os valores, que variam conforme o tempo de atraso e o número de funcionários, vão de R$ 425,64 a R$ 42.641,00.

Fonte: Ministério do Trabalho